Cuba

Cuba, o país parado no tempo.

Cuba é um país enigmático. Havana, sua capital, é uma dama decadente, esbanjando sorrisos com uma melancolia escondida. O tempo ali parou no ano de 1959, ano da destituição de Fulgencio Batista e ascensão ao poder de Fidel Castro.

Havana ainda traz resquícios do brilho e luxo de outros tempos. Suas avenidas recheadas de edificações nos estilos art nouveau, art déco e neoclássico relembram a elegância de outrora, mas hoje apresenta traços vívidos de degradação.

Esta sequência de fotos procura retratar esta sensação de volta aos anos 50, de tempo parado em contraponto com a caminhada da ditadura na ilha, que limita aspirações, futuros, dissipa sonhos e que me faz imaginar quando o tempo voltará a andar.

Clique na foto para ampliar